banner e-sic

Secretaria de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde tem como missão planejar e executar as ações de saúde em Iúna, visando à efetivação do Sistema Único de Saúde (SUS), com a garantia dos princípios da universalidade, equidade e integralidade da atenção à saúde e o compromisso com a defesa da vida. A Secretaria traça políticas públicas de saúde, estrutura os serviços e oferece atendimento básico e de urgência médica em seus prontos-atendimentos e unidades de saúde, com algumas consultas e exames especializados, para os moradores de Iúna. Também é de responsabilidade da secretaria a estruturação e o desenvolvimento de ações do Centro de Controle de Zoonoses e Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica.

 

Quem somos

 Vanessa Leocádio Adami | Secretária Municipal de Saúde

Adriano Jose da Silva de Souza | Assessor Administrativo do Secretário

Heleno Rafael Gomes Júnior | Diretor da Atenção Média e Alta Complexidade

Helton Amorim Cunha | Diretor do Departamento de Transporte Sanitário

Silvana Pereira de Oliveira | Chefe do Centro de Regulação de TFD/AMA

Delaine Garcia Silveira | Diretor de Atenção Básica em Saúde

Endereço
Rua Prefeito Antonio Lacerda, n.79
Quilombo, Iúna/ES, CEP: 29390000
Telefone: (28) 3545-4751, Celular: (28) 9 9907-6638
e-mail: saude@iuna.es.gov.br
Ramal: 4101,
Horário de funcionamento

Segunda a Sexta, 7:00 às 11:00 e de 13:00 às 17:00 horas

Vanessa Leocádio Adami

Secretária



  • ARQUIVOS
  • Lei 2458 de 2012 - Institui o Conselho Municipal de Saúde de Iúna
  • LRF - Demonstr Receita Impostos Saúde
  • Regimento Fórum Intermunicipal de Vigilância em Saúde de Iúna e Irupi
  • ÓRGÃO SUPERIOR
  • Prefeitura de Iúna

    contato@iuna.es.gov.br
    (28) 3545-4750

Vanessa Leocádio Adami

Secretária

Matrícula: 700145



(28) 9 9965-4038

vanessa.saude@iuna.es.gov.br

Nomeada em 02/01/2017



biografia

Vanessa Leocádio Adamiclose

Sobre...

POSTAGENS

Licitações
Pregão Presencial 037-2016 RP Filtros de Barro

PP 037-2016 Filtros de Barro

schedule 31/10/2016
Oficina de enfrentamento a violência em Iúna
Oficina de enfrentamento a violência é realizada em Iúna

A oficina discutiu sobre os aspectos socioculturais de violência e propôs estratégias para o seu enfrentamento

schedule 01/06/2017

Foi realizada na última segunda-feira (29/05), no auditório do Posto de Saúde do bairro Guanabara, em Iúna, a Oficina de trabalho, “Mobilizando e Articulando Ações para o Enfrentamento a Violência na região Sul do ES”. O objetivo foi sensibilizar os profissionais de Saúde, Educação, Assistência Social e demais áreas sociais para o atendimento de vítimas de violência; ampliando a percepção, escuta, acolhimento, orientação, encaminhamento, notificação e, principalmente, para fortalecer e integrar as redes de enfrentamento da violência na região Sul do ES.

O município de Iúna foi o pioneiro na região Sul a realizar a Oficina de enfrentamento a Violência, que será realizada também nos demais 25 municípios.

A oficina discutiu sobre os aspectos socioculturais de violência e propôs estratégias para o seu enfrentamento, como a elaboração do fluxo de acolhimento municipal.

Um dos objetivos foi buscar uma comunicação mais efetiva, utilizando os diferentes canais existentes, pois são vários os atores sociais envolvidos no atendimento às vítimas de violência.

Representantes da Polícia Militar (Tenente Lucas), Secretaria da Saúde (secretária Vanessa Leocadio e funcionários), Educação (professoras de escolas municipais e creches), acompanharam atentamente a explanação feita pela representante da Superintendência Regional de Saúde, Priscila Santos de Oliveira Rocha, que fez diversas abordagens sobre os tipos de violências, como fazer o enfrentamento e acompanhamento dos diversos casos, sendo que muitos deles, inclusive no município de Iúna, não são notificados.

Segundo dados da Superintendência de Saúde, a região sul é uma das mais violentas do Estado. Mulheres, crianças e idosos são os mais atingidos.

De acordo com a Secretaria de Saúde, nesta sexta-feira (2), uma nova reunião será realizada para montagem de um fluxograma para atendimento às vitimas de violência no município.  

“Vamos definir quais serão os procedimentos a serem tomados, e apontar os atores envolvidos nas buscas de soluções, com o objetivo de proteger as vítimas e agilizar o atendimento e possíveis desdobramentos, após serem detectadas possíveis ações de violência”, destaca a secretária de Saúde Vanessa Leocadio.

A realização da Oficina foi proposta pelo Núcleo de Vigilância em Saúde da Superintendência Regional de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim. 

Licitação Pública
Licitação 017-2017 RP Prótese Dentária

Licitação 017-2017 Registro de preços de aquisição de próteses dentárias

schedule 29/08/2017

Licitação 017-2017 Registro de preços de aquisição de prótese dentária

Outubro Rosa

06102017 Outubro Rosa - Praça do Ginásio

schedule 06/10/2017
Campanha de vacinação antirrábica atinge mais de 100% da meta em Iúna
Campanha de vacinação antirrábica atinge mais de 100% da meta em Iúna

Num total, 6.279 cães e gatos foram imunizados durante as duas etapas da campanha, número que bate a meta que o Estado impôs ao município

schedule 17/10/2017

A Secretaria Municipal de Saúde de Iúna realizou a campanha de vacinação antirrábica que alcançou mais de 100% da meta estabelecida e superou a determinada pelo Ministério da Saúde. A campanha de vacinação teve início no dia 03 de agosto e durou até o dia 29 de setembro, período esse que foi trabalhado todos os distritos e zona rural do município, atingindo 5.263 animais. 

No dia 26 de agosto (sábado) foi realizado o dia "D" na sede do município, que contou com o apoio da Universidade Federal do Espírito Santo, que enviou técnicos para o auxilio na campanha chegando a vacinar 1.016 animais neste dia.  Num total, 6.279 cães e gatos foram imunizados durante as duas etapas da campanha, número que bate a meta que o Estado impôs ao município.  

Segundo o chefe dos Agentes de Controle de Endemias, Danilo Leite, mesmo com a meta do Ministério da Saúde superada, é importante atingir 100% de cobertura vacinal para evitar a transmissão da doença.  

Mesmo assim, para atender os proprietários que ainda não vacinaram seus animais, foi estendido o prazo de vacinação até o dia 06 de outubro.

Prevenção

“A vacinação é a única forma de evitar que animais domésticos contraiam raiva e transmitam a doença para humanos. Não tem contraindicações”, alerta a Sesa em nota. A raiva é uma doença viral que pode ser transmitida ao homem por mordida, lambida ou arranhão de um animal infectado. A taxa de mortalidade entre humanos é quase de 100%.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Vanessa Leocádio Adami, o objetivo é prevenir a raiva nos seres humanos através da vacinação dos principais transmissores, que são os cães e gatos. “Em função dessa campanha, não temos casos de raiva em cães e gatos na cidade há um bom tempo e também não temos casos em humanos.”, afirma Vanessa. Ela ainda ressalta que, se uma pessoa for agredida pelo animal, deve se dirigir ao pronto socorro no setor de controle de Endemias e tomar a vacina preventiva.

Vanessa Leocádio Adami

Secretária



  • ARQUIVOS
  • Lei 2458 de 2012 - Institui o Conselho Municipal de Saúde de Iúna
  • LRF - Demonstr Receita Impostos Saúde
  • Regimento Fórum Intermunicipal de Vigilância em Saúde de Iúna e Irupi
  • ÓRGÃO SUPERIOR
  • Prefeitura de Iúna

    contato@iuna.es.gov.br
    (28) 3545-4750

Aguarde, enviando dados!

clear