banner e-sic

Secretaria de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde tem como missão planejar e executar as ações de saúde em Iúna, visando à efetivação do Sistema Único de Saúde (SUS), com a garantia dos princípios da universalidade, equidade e integralidade da atenção à saúde e o compromisso com a defesa da vida. A Secretaria traça políticas públicas de saúde, estrutura os serviços e oferece atendimento básico e de urgência médica em seus prontos-atendimentos e unidades de saúde, com algumas consultas e exames especializados, para os moradores de Iúna. Também é de responsabilidade da secretaria a estruturação e o desenvolvimento de ações do Centro de Controle de Zoonoses e Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica.

 

Quem somos

 Vanessa Leocádio Adami | Secretária Municipal de Saúde

Adriano Jose da Silva de Souza | Assessor Administrativo do Secretário

Heleno Rafael Gomes Júnior | Diretor da Atenção Média e Alta Complexidade

Helton Amorim Cunha | Diretor do Departamento de Transporte Sanitário

Silvana Pereira de Oliveira | Chefe do Centro de Regulação de TFD/AMA

Delaine Garcia Silveira | Diretor de Atenção Básica em Saúde

Endereço
Rua Prefeito Antonio Lacerda, n.79
Quilombo, Iúna/ES, CEP: 29390000
Telefone: (28) 3545-4751, Celular: (28) 9 9907-6638
e-mail: saude@iuna.es.gov.br
Ramal: 4101,
Horário de funcionamento

Segunda a Sexta, 7:00 às 11:00 e de 13:00 às 17:00 horas

Vanessa Leocádio Adami

Secretária



  • ARQUIVOS
  • Lei 2458 de 2012 - Institui o Conselho Municipal de Saúde de Iúna
  • LRF - Demonstr Receita Impostos Saúde
  • Regimento Fórum Intermunicipal de Vigilância em Saúde de Iúna e Irupi
  • ÓRGÃO SUPERIOR
  • Prefeitura de Iúna

    contato@iuna.es.gov.br
    (28) 3545-4750

Vanessa Leocádio Adami

Secretária

Matrícula: 700145



(28) 9 9965-4038

vanessa.saude@iuna.es.gov.br

Nomeada em 02/01/2017



biografia

Vanessa Leocádio Adamiclose

Sobre...

POSTAGENS

Oficina de enfrentamento a violência em Iúna
Oficina de enfrentamento a violência é realizada em Iúna

A oficina discutiu sobre os aspectos socioculturais de violência e propôs estratégias para o seu enfrentamento

schedule 01/06/2017

Foi realizada na última segunda-feira (29/05), no auditório do Posto de Saúde do bairro Guanabara, em Iúna, a Oficina de trabalho, “Mobilizando e Articulando Ações para o Enfrentamento a Violência na região Sul do ES”. O objetivo foi sensibilizar os profissionais de Saúde, Educação, Assistência Social e demais áreas sociais para o atendimento de vítimas de violência; ampliando a percepção, escuta, acolhimento, orientação, encaminhamento, notificação e, principalmente, para fortalecer e integrar as redes de enfrentamento da violência na região Sul do ES.

O município de Iúna foi o pioneiro na região Sul a realizar a Oficina de enfrentamento a Violência, que será realizada também nos demais 25 municípios.

A oficina discutiu sobre os aspectos socioculturais de violência e propôs estratégias para o seu enfrentamento, como a elaboração do fluxo de acolhimento municipal.

Um dos objetivos foi buscar uma comunicação mais efetiva, utilizando os diferentes canais existentes, pois são vários os atores sociais envolvidos no atendimento às vítimas de violência.

Representantes da Polícia Militar (Tenente Lucas), Secretaria da Saúde (secretária Vanessa Leocadio e funcionários), Educação (professoras de escolas municipais e creches), acompanharam atentamente a explanação feita pela representante da Superintendência Regional de Saúde, Priscila Santos de Oliveira Rocha, que fez diversas abordagens sobre os tipos de violências, como fazer o enfrentamento e acompanhamento dos diversos casos, sendo que muitos deles, inclusive no município de Iúna, não são notificados.

Segundo dados da Superintendência de Saúde, a região sul é uma das mais violentas do Estado. Mulheres, crianças e idosos são os mais atingidos.

De acordo com a Secretaria de Saúde, nesta sexta-feira (2), uma nova reunião será realizada para montagem de um fluxograma para atendimento às vitimas de violência no município.  

“Vamos definir quais serão os procedimentos a serem tomados, e apontar os atores envolvidos nas buscas de soluções, com o objetivo de proteger as vítimas e agilizar o atendimento e possíveis desdobramentos, após serem detectadas possíveis ações de violência”, destaca a secretária de Saúde Vanessa Leocadio.

A realização da Oficina foi proposta pelo Núcleo de Vigilância em Saúde da Superintendência Regional de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim. 

Campanha de vacinação antirrábica atinge mais de 100% da meta em Iúna
Campanha de vacinação antirrábica atinge mais de 100% da meta em Iúna

Num total, 6.279 cães e gatos foram imunizados durante as duas etapas da campanha, número que bate a meta que o Estado impôs ao município

schedule 17/10/2017

A Secretaria Municipal de Saúde de Iúna realizou a campanha de vacinação antirrábica que alcançou mais de 100% da meta estabelecida e superou a determinada pelo Ministério da Saúde. A campanha de vacinação teve início no dia 03 de agosto e durou até o dia 29 de setembro, período esse que foi trabalhado todos os distritos e zona rural do município, atingindo 5.263 animais. 

No dia 26 de agosto (sábado) foi realizado o dia "D" na sede do município, que contou com o apoio da Universidade Federal do Espírito Santo, que enviou técnicos para o auxilio na campanha chegando a vacinar 1.016 animais neste dia.  Num total, 6.279 cães e gatos foram imunizados durante as duas etapas da campanha, número que bate a meta que o Estado impôs ao município.  

Segundo o chefe dos Agentes de Controle de Endemias, Danilo Leite, mesmo com a meta do Ministério da Saúde superada, é importante atingir 100% de cobertura vacinal para evitar a transmissão da doença.  

Mesmo assim, para atender os proprietários que ainda não vacinaram seus animais, foi estendido o prazo de vacinação até o dia 06 de outubro.

Prevenção

“A vacinação é a única forma de evitar que animais domésticos contraiam raiva e transmitam a doença para humanos. Não tem contraindicações”, alerta a Sesa em nota. A raiva é uma doença viral que pode ser transmitida ao homem por mordida, lambida ou arranhão de um animal infectado. A taxa de mortalidade entre humanos é quase de 100%.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Vanessa Leocádio Adami, o objetivo é prevenir a raiva nos seres humanos através da vacinação dos principais transmissores, que são os cães e gatos. “Em função dessa campanha, não temos casos de raiva em cães e gatos na cidade há um bom tempo e também não temos casos em humanos.”, afirma Vanessa. Ela ainda ressalta que, se uma pessoa for agredida pelo animal, deve se dirigir ao pronto socorro no setor de controle de Endemias e tomar a vacina preventiva.

Equipamentos adquiridos pela Santa Casa de Iúna
Emenda garante aquisição de equipamentos para a Santa Casa de Iúna

Investimentos indicados em 2014 e 2015 são aplicados na Santa Casa de Iúna pela atual Gestão. Os recursos foram indicados pelo então senador Ricardo Ferraço e ex-deputada federal Sueli Vidigal

schedule 30/11/2017

Ao assumir a gestão da Santa Casa de Iúna, no final do mês de junho, os novos gestores, Vanessa Leocádio (secretária de saúde) e Antônio Júnior (controlador no município), deram sequência as emendas do senador Ricardo Ferraço no valor total de R$ 300.000,00 e da ex-deputada Sueli Vidigal no valor de R$ 599.999,50, que estavam aguardando a execução desde o ano de 2015, ano em que foi depositado o dinheiro na conta da Santa Casa de Iúna.

Com o investimento, a Santa Casa de Iúna passou a contar com novos equipamentos que serão utilizados no Centro Cirúrgico, na lavanderia e na Central de Materiais Esterilizados (CME).

Foram adquiridos, para procedimentos do SUS (Sistema Único de Saúde), dois ventiladores pulmonares eletrônicos neonatais pediátrico e adulto, no valor de R$64 Mil; três autoclaves horizontal, no valor total de R$194.700 Mil, para o funcionamento da CME que já está em construção; um secador rotativo no valor de R$15.680 Mil para ampliação da lavanderia; três focos cirúrgicos de teto led, no valor total de R$71.850 Mil e um cardioversor com marca-passo externo, impressora, modo DEA, oximetria, no valor de R$15.235 Mil.

Os equipamentos estão em fase de instalação e incorporação nos setores. Os recursos financeiros foram liberados no final de 2015 e o processo de aquisição ainda está em trâmite, com tempo previsto de entrega de todo o material até o início de 2018.
Além dos equipamentos, que integram as emendas dos parlamentares, a Santa Casa receberá outros equipamentos como: leitos, computadores, dentre outros.

As equipes de enfermagem fizeram treinamento, inclusive com participação de representante da empresa fabricante. "Com esta aquisição, ampliamos a segurança em relação a disponibilidade dos serviços. Certamente o atendimento da equipe será otimizado, elevando a qualidade da assistência oferecida aos nossos pacientes”, destacou a Secretária de Saúde Vanessa Leocádio.

A Secretária de Saúde e também gestora provisória da Santa Casa, Vanessa Leocádio, reiterou que o investimento é carimbado, ou seja, está vinculado ao projeto cadastrado pelo hospital. “As instituições beneficiadas com as emendas não podem, por exemplo, usar estes recursos para aquisição de insumos, pagar energia elétrica ou funcionários. O Poder Público já estabelece que o objetivo dessa fonte é a aquisição de novos equipamentos”, disse.

Durante o recebimento dos equipamentos, no início do mês de novembro, os gestores provisórios Vanessa Leocádio e Antônio Júnior agradecem o empenho da ex-deputada Sueli Vidigal e do Senador Ricardo Ferraço, destacando o comprometimento dos parlamentares com a instituição.

A Santa Casa de Iúna é uma instituição filantrópica e é referenciada pelo SUS em alta complexidade e média complexidade, realiza cirurgias e procedimentos especializados, entre outras especialidades.

Exame de mamografia: imagem da internet
Município de Iúna passa a ofertar exames de mamografia

Objetivo é garantir que toda mulher na faixa etária preconizada regularize o exame

schedule 13/12/2017

A estratégia de rastreamento do câncer de mama para mulheres de 50 a 69 anos em Iúna ganhou reforço durante o “Outubro Rosa”. No mês de mobilização mundial pela prevenção e diagnóstico precoce da doença, a Prefeitura de Iúna retomou com a oferta dos exames. O objetivo é garantir que toda mulher na faixa etária preconizada regularize o exame.

A mamografia é o principal exame para detecção do câncer de mama, doença que acomete principalmente mulheres entre 50 a 69 anos. O câncer ocorre devido a multiplicação anormal de células que formam o tumor. Entre os motivos que aumentam a probabilidade de desenvolver a doença estão obesidade, tabagismo, uso abusivo de álcool e histórico familiar.

#citacao#

O exame de mamografia é gratuito e deve ser agendado no Centro Municipal de Saúde.  Basta apresentar a requisição de mamografia, o cartão do SUS, comprovante de residência e documento pessoal com foto.

 

AGENDAMENTO

A mamografia é gratuita. Mulheres entre 50 e 69 anos, faixa etária preconizada para rastreamento, devem procurar a sede da Secretaria Municipal de Saúde levando o pedido do exame e cópias de cartão SUS, CPF, documento com foto e comprovante de residência para realizar o agendamento.

Mulheres fora da faixa etária tem direito ao exame, desde que apresentem encaminhamento feito pelo médico da unidade, contendo fins de diagnóstico, como na avaliação de alguma queixa clínica (dor, presença de nódulo palpável ou alterações na aparência da mama). A avaliação de alteração encontrada em outros exames de diagnóstico por imagem, como a ultrassonografia.

O exame está sendo realizado na Clínica Gastren, credenciado pelo Consórcio Cim Pedra Azul, através da Secretaria Municipal de Saúde de Iúna. O atendimento ocorre conforme horário agendado pela Unidade de Saúde. No dia do exame, a usuária deve apresentar documento pessoal com foto, cartão do SUS e a requisição autorizada.

 

CUIDADOS NO DIA DA MAMOGRAFIA

É comum no momento do exame as mulheres se queixarem de algum desconforto, que muitas vezes pode ser contornado com algumas dicas. Uma delas é evitar agendar o exame logo antes ou depois da menstruação.

A mamografia deverá ser realizada preferencialmente durante a segunda e terceira semanas do ciclo menstrual - nesse período há menor densidade do tecido glandular das mamas, tornando o exame mais detalhado e com menor desconforto. Além disso, no período da menstruação ou nas semanas próximas, as mamas costumam estar mais sensíveis, devido às alterações hormonais, e o exame se torna mais desconfortável.

A Secretária de Saúde, Vanessa Leocádio destaca que: “visando garantir a melhoria do atendimento e a qualidade de vida da população, iniciamos no mês de setembro o agendamento do exame que não era ofertado na rede pública municipal desde o início de 2014. Nosso objetivo é que em 2018, passamos a cumprir a meta preconizada pelo ministério da saúde”.

Até o presente momento, o município realizou 452 mamografias. Teve seu início no dia 19 de setembro e foi intensificado durante a campanha do “Outubro Rosa”.

Prefeito Weliton Virgilio e a Secretária de Saúde Vanessa Leocádio
Avanço no atendimento traz resultados positivos no serviço de agendamento de saúde em Iúna

Em novembro de 2017 mais de 1.000 iunenses foram atendidos com consultas e exames especializados no setor de Regulação e o acesso aos serviços de saúde em Iúna apresentam resultados positivos.

schedule 13/12/2017

A Secretaria de saúde, por intermédio do setor de regulação, contabilizou, só no mês de novembro de 2017, um total de 1.240 pacientes atendidos com consultas e exames especializados, aqueles que o município possui disponível para o paciente e os encaminhados a atendimentos em outras cidades.

No mesmo período do ano passado, foi contabilizado 288 atendimentos das mesmas especialidades. O fruto desse avanço é a organização da secretaria de saúde e a reestruturação da equipe de regulação, uma iniciativa do prefeito Weliton Virgílio já no primeiro mês de governo, em janeiro/17. O empenho no atendimento aos pacientes, por parte da equipe, também é um ponto de referência para o crescimento desse número.

Dentre as consultas especializadas que foram marcadas e atendidas pelo setor de regulação estão: cardiologia, ortopedia, oncologia, oftalmologia, endocrinologia, pequenas cirurgias gerais, pediatria, neurologia, pneumologia, urologia, dermatologia e outros. Os exames especializados realizados através da regulação foram: tomografia, ressonância magnética, ecocardiograma, teste de esforço, cintilografia, colonoscopia, doppler, ultrassonografia e similares e outros.

Além dos atendimentos especializados, houve um avanço na lista dos exames laboratoriais, com ofertas de 21 tipos de exames a mais do que a tabela anterior, alcançando a marca de 52.192 atendimentos até o mês de setembro de 2017.

Segundo a secretária de saúde Vanessa Leocádio, a equipe tem intensificado o trabalho, muitas vezes, com o esforço dos profissionais até mesmo após o horário normal para atender a demanda. "Os agendamentos estão sendo de forma prioritária, ou seja, não é mais por ordem de chegada, mas sim pela urgência do atendimento que o paciente necessita. Essa urgência é medida através do resumo do exame físico que os médicos descrevem no encaminhamento do paciente e, assim, facilita o nosso trabalho para a inclusão do paciente no sistema de saúde do Estado, que disponibiliza as vagas", explicou.

De acordo com Silvana Pereira, chefe do Centro de Regulação, o apoio dado pelo prefeito Weliton Virgílio, bem como da Secretária Vanessa Leocádio, está sendo incondicional para que o setor avance no atendimento de qualidade aos pacientes de Iúna, como está sendo feito.

Já o índice de faltas às consultas teve uma redução de 80%, isso devido ao trabalho da equipe em agendar e ligar para os pacientes confirmando, com antecedência, o dia e horário previamente agendado.

Além da restruturação da equipe, o atendimento ao público também foi modificado, sendo das 07:00 às 15:00 horas. A partir das 15:00 horas a secretaria efetua o trabalho interno, sendo de controle e ajustes dos procedimentos para que a demanda possa continuar a ser suprida com o mesmo êxito e avanço no atendimento ao cidadão.

Licitações
Pregão Presencial 037-2016 RP Filtros de Barro

PP 037-2016 Filtros de Barro

schedule 31/10/2016
Licitação Pública
Licitação 017-2017 RP Prótese Dentária

Licitação 017-2017 Registro de preços de aquisição de próteses dentárias

schedule 29/08/2017

Licitação 017-2017 Registro de preços de aquisição de prótese dentária

Outubro Rosa

06102017 Outubro Rosa - Praça do Ginásio

schedule 06/10/2017

Vanessa Leocádio Adami

Secretária



  • ARQUIVOS
  • Lei 2458 de 2012 - Institui o Conselho Municipal de Saúde de Iúna
  • LRF - Demonstr Receita Impostos Saúde
  • Regimento Fórum Intermunicipal de Vigilância em Saúde de Iúna e Irupi
  • ÓRGÃO SUPERIOR
  • Prefeitura de Iúna

    contato@iuna.es.gov.br
    (28) 3545-4750

Aguarde, enviando dados!

clear